O Desastre Da Heresia Icemita

Está escrito (2 Jo. 1.9 – RA-SBB):

“Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho.”

Este artigo denuncia o ataque frontal à Tri-Unidade da Divindade pelo gedeltismo, cujo olhar caolho construiu o pior dos capítulos da HERESIA ICEMITA. Este eclesiasticismo conseguiu fomentar a ideologia (filosofia) de Obra como corpo doutrinárito e a mentalidade de Obra como conduta dos membros denominados servos da Obra, debaixo de estrita obediência.

Eles foram ensinados a aceitar a doutrina revelada como mandamento. Deste modo, quem queira contestar esta heresia é atacado com calúnias, difamações e injúrias; pois esta heresia foi elevada ao nível de inerrância. Não se admitem perguntas e questionar a doutrina revelada é entendido como pecado contra o Espírito Santo.

Não posso – em hipótese nenhuma – aceitar a HERESIA ICEMITA centrada no erro de espiritualização de frases das Escrituras (1).

Não posso – em hipótese nenhuma – aceitar a HERESIA ICEMITA introjetada por linguagem do não-pensamento (2) e falso profetismo.

Não posso – em hipótese nenhuma – aceitar a HERESIA ICEMITA que estabelece novas revelações do Apocalipse (3) (4) num contexto de doutrina revelada (5).

Não posso – em hipótese nenhuma – crer em dons forjados por mestres e pastores subalternos em seguida à introjeção da linguagem do não-pensamento.

Não posso – em hipótese nenhuma – suportar tamanha ofensa à intenção do Espírito de Deus para a “igreja de Deus… corpo de Cristo” (1 Co. 1.2; 12.27) sem denunciar o erro institucionalizado na membresia, erro que contaminou uma geração inteira.

O nome deste desatino é CONJURAÇÃO de falsos mestres e falsos profetas.

Por isso a HERESIA ICEMITA é traiçoeira: ela não incentiva a autoridade espiritual e o poder pentecostal nos moldes do Novo Testamento; e nada oferece aos beatos e Benícios que os ajude enfrentar a autodefesa, a avareza desmedida, a dissimulação e o falso profetismo em que o maranatismo mergulhou.

Preste atenção:

Proclamando revelação além da letra o olhar caolho do mestre-primaz construiu a grande heresia que enfatiza como cientificamente comprovado:

a) as três primeiras das sete trombetas do Apocalipse já foram tocadas e a quarta trombeta vai tocar num abrir e fechar de olhos; e, por conseguinte,

b) o anjo do Apocalipse continua derramando o fogo do altar – o Espírito Santo – sobre os homens para que recebam com alegria as intervenções de Deus.

Portanto, ao ensinar, institucionalizar, profetizar e repetir: o fogo do altar é o Espírito Santo que o anjo derrama sobre os homens, o olhar caolho do construtor de heresias elaborou o DESASTRE DA HERESIA ICEMITA. Pois:

1. ABASTECE a membresia com certo sentimento faccioso que a proíbe de aproximação com outros irmãos em Cristo;

2. COLOCA a doutrina revelada acima das Escrituras Sagradas;

3. DESACATA a inerrância das Escrituras e a intenção do Espírito de Deus;

4. DESTITUI a Jesus de Seu Apostolado, Messianato e Sumo Sacerdócio;

5. EXCITA a discriminação eclesiástica que instiga o ódio religioso;

6. INDUZ a um FALSO batismo com o Espírito Santo cujo resultado se vê nos falsos dons nos cultos proféticos (6);

7. IMPÕE a prevalência dos dons da elite (alto clero) para o baixo clero e deste para a membresia;

8. IMPEDE a livre expressão de pensamento por negar o Regimento Interno (7);

9. INSISTE em que isto é doutrina revelada além da letra (8);

10. OBRIGA as unidades locais (9) à obediência e sujeitção ao dominador do rebanho, sem questionamento;

11. PROMETE que a Igreja Fiel (leia-se: ICM-OBRA) vai ser arrebatada ao ressoar da quarta trombeta, “num abrir e fechar de olhos”;

12. PROPÕE o sentimento faccioso entre os cristãos;

13. ZOMBA dos demais cristãos, dizendo: A MESCLA QUE SE DANE (10) (11).

Porquanto está escrito (Sl. 69.32):

“Vejam isto os aflitos e se alegrem; quanto a vos outros que buscais a Deus, que o vosso coração reviva. Porque o SENHOR responde aos necessitados e não despreza os seus prisioneiros.”

CONCLUSÃO

Geração de cegos enganados com “outro evangelho” (Gl. 1.8) oferecido pelo icemita-mor e imposto nas unidades locais pelos obedientes representantes do presbitério forjados na falsa unção. Nada obstante, o pacote monárquico é pseudocarismático desde a origem; foi embrulhado com papel mistérios da Obra como agrado aos formatados pelo gedeltismo. O DON (Doutrina, Ordens e Normas) impera ao sabor das idiossincrasias do chefe icemita muito religioso.

Não há como contestar, desmentir ou duvidar: a HERESIA ICEMITA é conjuração e expressão maior de apostasia (2 Ts. 2.3-4, gr. rebelião – a negação da fé em Deus) individual e coletiva (12). Por isso mesmo, conspirar é fácil.

Não tenho outro modo de dizer: em seu conjunto a HERESIA ICEMITA é “fogo estranho” (13). Neste enquadre ocultista, a vida de muitos portadores da falsa-unção já foi ceifada por trazerem “fogo estranho” para dentro da “Casa de Deus que é a igreja de Deus” (14).

No curso da dominação quadragenária o chefe religioso criou a ideologia de Obra (doutrina revelada) que influi na mentalidade de Obra (a alma: emoções, inteligência e vontade do formatado como servo da Obra). O maranatês do formatado icemita o distingue como fora da realidade do “evangelho da graça de Deus.” (At. 20.24)

O icemita de carteirinha inconscientemente possui esta mentalidade introjetada em sua mente da qual é difícil de livrar-se. Sua mente está intoxicada pela enganação e ele não consegue olhar firmemente para JESUS.

Quando alguém domina o rebanho de Deus, alguns episódios da história de Saul vem à tona, como está escrito (1 Sm. 14.26): “Chegando o povo ao bosque, eis que corria mel; porém ninguém chegou a mão à boca, porque o povo temia a conjuração.” Quem lê entenda.

Se alguém ainda não discerne a atuação de demônios e espíritos de engano que fomentam as falsas profecias, como enfrentará a enganação que cairá sobre a terra nos dias da “grande [tamanha] tribulação” ?

Se alguém já percebeu estar debaixo da autoridade de mestres, pastores e profetas pseudocarismáticos, livre-se deles e dependa, exclusivamente, do Espírito de Cristo Jesus.

Tenho por firme que a porção das Escrituras que RECUSAMOS é sempre aquela que NOS TORNA INÚTEIS PARA O REINO DE DEUS. Cristão, escreva isto em seu espírito e esteja certo desta máxima. Dispensa demonstração por ser escrituristicamente verdadeira. Sua consciência já falou ai dentro de Você.

NOTAS DE FIM

Artigo atualizado em 09.07.2011

(1) – “A Obra”: Andando no Centro do Erro

(2) – A Linguagem do Não-pensamento

(3) – Expressões e frases em itálico e sem aspas aparecem na HERESIA ICEMITA.

(4) – Reporto-me à bibliografia apresentada no artigo À PROCURA DO ELO OCULTO.

(5) – A expressão doutrina revelada (e equivalentes) é bastante comum nas seitas: adventistas, cristadelfianos, mórmons, russelitas (testemunhas-de-jeová) e outras.

(6) – O culto profético antecede o culto público. O objetivo é colher “dons” no contexto e controle exclusivo do DON (Doutrina, Normas e Orientações do Presbitério). Nesse ambiente de apostasia coletiva e individual os erros se acumulam: blibliomancia, clamor pelo sangue de Jesus e falsos dons. Num ambiente como esse permitiu-se a propagação do estelionato chamado pirâmide de conteineres.

(7) – “A Obra”: Regimento Interno!? Pra quê?!

(8) – A expressão além da letra é constante na construção da HERESIA ICEMITA, distorcendo, intencionalmente, o que Paulo falou em 2 Co. 3.6. O chefe icemita muito religioso e os que o apoiam se julgam detentores de exclusiva e misteriosa revelação além da letra.

(9) – Art. 4º do Estatuto da ICM-PES.

(10) – MESCLA– Designação dada pelo chefe da ICM-PES às denominações evangélicas e religiões.

(11) – Na Mensagem para Pastores 2007 encontramos: “A mescla se utiliza de frases feitas, identificações expostas e suas preferências carnais que tentam abrir diálogos para tornar cativas ou cativos aqueles que estão interessados realmente nesse evangelho pervertido…”

(12) – A BÍBLIA DE ESTUDO PENTECOSTAL – CPAD, p. 1903, oferece um bom estudo a respeito da APOSTASIA PESSOAL.

(13) – O “Fogo Estranho”.

(14) – 1 Tm. 3.15 cf. Hb. 3.1-6; 10.19-23

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/03/o-desastre-da-heresia-icemita/

Anúncios

9 comentários

  1. Eu mesmo para agradar pastores e me mostrar “bem” espiritualmente inventava dons que por sorte se cumpria e ainda aparecia gente pra interpretar minhas mentiras…. Hilário isso!!!
    E não venha me dizer que o Senhor vai cobrar isso de mim por que até agora Ele ainda não mostrou pra ninguém que invento dons….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s