O que relato é a tentativa de mascarar uma heresia doutrinária que por muitos anos foi ensinado nos porões dos seminários que se tratava de uma doutrina revelada pelo Espírito para a dita obra do ES.

Pessoal, muito boa tarde a todos, Graça e paz

Gostaria de explanar não uma revolta, mas um sentimento de inquietação ou talvez de incapacidade de entender porque as pessoas (conselho presbiteral) a frente da ICM não toma uma atitude humilde e declara que algumas doutrinas não são BÍBLICAS?

Já a algum tempo venho pensando como me expressar a respeito deste assunto que estou citando:

Algumas semanas atrás talvez duas, existem dois vídeos sendo veiculados junto a Rádio Maanaim no quadro conversas Bíblicas onde dois pastores tentam quase que a marretadas comprovar que a prática de consulta a palavra consiste em ser uma prática bibliocêntrica.

Não vou me ater na questão se a mesma é ou não bibliocentrica pois sabemos que tal prática mais conhecida como (bibliomancia) não existe precedente nas Escrituras, muito menos no Novo Testamento.

O que relato é a tentativa de mascarar uma heresia doutrinária que por muitos anos foi ensinado nos porões dos seminários que se tratava de uma doutrina revelada pelo Espírito para a dita obra do ES.

Se os irmãos puderem analisar o vídeo tais pastores mudaram de categoria a prática de consulta a palavra.

Aquilo que anteriormente era tido como revelação dos céus, tida como doutrina revelada, tão importante que era necessário até mesmo uma aula em Maanaim de quase 2 hs para explica-la agora não passa de uma prática, um recurso que foi constatado pela interpretação anêmica e capenga que a teologia da ICM faz e extrai da bíblia sem compromisso com o contexto e exegese da passagem bíblica. Agora eu pergunto?

E nós que milhares de vezes demos aula para batismo nas águas para irmãos recém convertidos e frisávamos que tal prática era uma doutrina revelada; e quando éramos questionados por irmãos que vinham de outra denominação que tal prática de consulta (bibliomancia) não existia nas demais denominações?

Qual era a nossa resposta?

– Meu irmão a consulta a palavra é uma doutrina ou recurso revelado pelo ES para a igreja fiel, somente a Obra tem este tesouro etc…..

E agora, a que conclusão devemos chegar? Que a consulta deixou de ser doutrina devido ao aperfeiçoamento da obra?

Será que em nenhum momento as pessoas não se perguntam a respeito desta situação? Será que as demais doutrinas que sabemos que não são bíblicas também serão depostas de seu cargo de doutrina?

Não estou dizendo de maneira velada que as pessoas devem deixar a denominação. NÃO! Mas quero dizer de maneira clara aos pastores do conselho presbiteral e aos demais que controlam a área espiritual da ICM.

NÃO INSULTEM MINHA INTELIGÊNCIA!
JESUS ME RETIROU OS PECADOS NÃO MEU CÉREBRO!

Vão ficar calados vendo tantas manipulações?
Vão permanecer na inércia vendo aquilo que era uma verdade incontestável não ser mais?
Alguns dirão: vamos apenas orar o ES vai cuidar desta situação…..

É isto que os lobos querem que vc faça, não os questionem em nada, apenas ore.

Meu irmão as orações pelo presbitério, comissão executiva, administração já estão sendo feitas há muitos anos. Será que não é hora de agir, cobrar explicações?

O povo de Deus não pode ser alienado a ponto de aceitar tudo sem ao menos questionar aquilo que está fora dos preceitos bíblicos.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/05/meia-verdade-e-uma-mentira-inteira/#comment-11219

 

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s