maranata – HÁ AINDA MALDITOS NA OBRA, QUE CONFIAM NO HOMEM, E DIZEM QUE É EM DEUS!

HÁ AINDA MALDITOS NA OBRA, QUE CONFIAM NO HOMEM, E DIZEM QUE É EM DEUS!

https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRb8SdSbLuS4l7Y25K2SQUiDAlmS7gBfNxUzlKt7-zAxxnM21XW

O PES quer que os membros ofertem os dízimos e confiem 100% na administração deles sem prestar contas de nada e fazem dos membros o que está dito em Jeremias 17.5

“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!”

Então como fica a bíblia? Devemos confiar neles (PES) sem pedir contas e receber uma palavra como “tá tudo certo” . Então maldito por maldito será melhor não dar dinheiro enquanto não houver prestação de contas.
Essa organização humana é quem administra todo o dinheiro do dízimo.
Gálatas 03:13 “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldito por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”
II Co 03:17. “Ora o Senhor é Espírito: e onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade”.

Publicado por Anônimo emhttp://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/06/17/maranata-o-coronelpastorinterventor-quando-entrevistado-por-um-blogueiro-contradisse-varias-pregacoes-feitas-nos-pulpitos-dos-maanains-e-uls-que-eram-como-leis-ou-doutrinas-reveladas-por-deus-pa/#comment-8132

COMENTÁRIO DIGA NÃO ÀSEITA:

Quando se lê o título do artigo, naturalmente vem à mente um pensamento no sentido de achar “muito pesado” o termo utilizado, mas note que a terminologia é bíblica, e esse peso observado não é de juízo da nossa parte, mas da Palavra.

O irmão Anônimo percebeu algo muito sério e aponta o cerne da questão: quando falamos nos escândalos sobre a maranata, os formatados declaram “não olhamos para o homem”, portanto, em tese, eximiriam-se de serem considerados malditos, contudo, quando depositam tamanha confiança (termo do texto de Jeremias) nos homens a quem entregam os seus “dízimos” e ofertas, esses mesmos formatados dão sinal claro de que poderiam estar enquadrados na condição de malditos.

Essa questão ainda se agrava quando ainda proferem as seguintes palavras: “eu dou para deus”! Ora, só se for deus com letra minúscula mesmo! Deus, com letra maiúscula, estaria preocupado em aceitar valores direcionados, mês a mês, fielmente, e com percentual definido, para uma única denominação? Outra coisa, Ele, Deus, teria um cobrador oficial para isso, e que ainda delegaria a outro (o tesoureiro), para receber cara-a-cara dos membros?

Faça-me o favor! Absurdo!

Não vá me dizer que entregar dinheiro a alguém, dizendo que é para Deus, não seria algo de confiança no homem! Se não é, eu te pergunto, icemita formatado, se você fica distribuindo seu dinheiro a tudo e a todos que te oferecem produtos, serviços, vantagens, etc., podendo ou não usar o nome de Deus? Claro que não! Quem te garante que aquele a quem você entregou vai utilizar para algum benefício para alguém, ainda mais em uma instituição que insiste em não prestar contas do que gasta?

Costumamos dizer que algumas atitudes, bem esdrúxulas, demonstram sinais de loucura, e uma delas é “rasgar dinheiro”. Mas, o icemita que age dessa forma, dizendo que não confia no homem, para não dar o braço a torcer que o barco está furado na maranata, mas deposita dinheiro nas mãos “confiáveis” de alguém que representa a seita, mais do que suspeita de delitos graves, ultrapassou os limites da loucura, pois se rasgasse, não estaria incentivando prováveis desvios, relacionados a diversas modalidades de crimes (em tese).

Como diz o pessoal do nordeste: “Valha-me, Deus!”. Que troço doido!

Acorda, amigo! Acorda, amiga! Você não pode estar confortável em assumir uma condição de maldito, conforme a Palavra, confiando no homem, passando dinheiro para mãos humanas, que defendem uma instituição sobre a qual pairam inúmeras notícias exatamente de desvios de dinheiro. E qual é a motivação para toda essa contradição? A resposta reside em m único e exclusivo propósito: defender o prosélito maranático! A denominação é maior que tudo! A obra maranática é mais importante que a Bíblia!

Para quem achou que o temo maldito já era pesado, dê uma observada nesse outro texto bíblico:

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.”

Mateus 23:15

Confiemos em Deus, consolando-nos nas notícias de muitos que estão parecendo despertar do sono, e anunciam o rompimento com a seita. Glórias a Jesus por isso!

Graça e Paz a todos!

Alandati.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s